Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Bolsonaro revela que está doente: “Senti fraqueza. Estou no antibiótico” - Expresso FM 100,1


No comando: EXPRESSO DA MADRUGADA

Das 00:00 às 05:00

No comando: EXPRESSO RURAL

Das 05:00 às 07:00

No comando: SERTÃO EM FESTA

Das 05:00 às 10:00

No comando: DOMINGÃO SERTANEJO

Das 06:00 às 10:00

No comando: JORNAL DA ITATIAIA

Das 07:00 às 07:45

No comando: SHOW DA MANHÃ

Das 08:00 às 10:00

No comando: EXPERIÊNCIA DE DEUS

Das 10:00 às 11:00

No comando: TÚNEL DO TEMPO

Das 10:00 às 14:00

No comando: PASSANDO A LIMPO

Das 11:00 às 13:00

No comando: REPÓRTER EXPRESSO

Das 12:00 às 13:00

No comando: RITMOS DA EXPRESSO

Das 13:00 às 15:00

No comando: TOP MAIS

Das 13:00 às 16:00

No comando: PROGRAMAS GOSPEL

Das 14:00 às 16:00

No comando: TARDE NOSSA

Das 15:00 às 17:00

No comando: BAILÃO DA EXPRESSO

Das 16:00 às 19:00

No comando: AO POR DO SOL

Das 17:00 às 20:00

No comando: DEIXA ROLAR

Das 18:30 às 00:00

No comando: MUSIC EXPRESS

Das 19:00 às 21:00

No comando: EXPRESSO NOTURNO

Das 20:00 às 21:00

No comando: NA PISTA

Das 21:00 às 00:00

No comando: VOZ DO BRASIL

Das 21:00 às 22:00

No comando: SOFT NIGHT

Das 22:00 às 00:00

Bolsonaro revela que está doente: “Senti fraqueza. Estou no antibiótico”

O presidente Jair Bolsonaro revelou em sua live no Facebook desta quinta-feira (30/7) que, apesar de ter se curado do coronavírus na última semana, após 20 dias, está doente e fez um exame de sangue para ter certeza do que está acontecendo.

“Acabei de fazer um exame de sangue, tava com um pouco de fraqueza ontem [quarta, 29/7], um pouco de infecção também. Tô agora no antibiótico”, revelou, no fim da transmissão que fez ao lado do ministro Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura. “Depois de 20 dias em casa a gente pega outras coisas”, justificou ele, referindo-se ao período que passou quarentenado devido ao diagnóstico positivo de coronavírus, de 7 a 27 de julho. Ele chegou a citar que está com “mofo no pulmão”, mas não deu detalhes.

Na mesma transmissão, Bolsonaro creditou ao uso da cloroquina sua cura da Covid-19.

“O médico da Presidência me receitou cloroquina e no dia seguinte eu estava melhor”, disse. “O mesmo com o Onyx”, disse, referindo-se ao ministro da Cidadania. “Se foi coincidência? Não sei. Mas não tem outro remédio. Digo para procurar seu médico, mas que não desacredite a cloroquina sem saber. Tem quem recomende”, defendeu o presidente.

Apesar de não estar se sentindo bem, o presidente Jair Bolsonaro visitou nesta quinta-feira (30/7) cidades do interior da Bahia e do Piauí.

Fonte:Metrópoles

Deixe seu comentário:

CURTA NO FACE!

Equipe

Nossas Redes