Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Com influência do feriado, Brasil vê média móvel de mortes ir abaixo de 400 após 11 meses


No comando: EXPRESSO DA MADRUGADA

Das 00:00 às 05:00

No comando: EXPRESSO RURAL

Das 05:00 às 07:00

No comando: SERTÃO EM FESTA

Das 05:00 às 10:00

No comando: DOMINGÃO SERTANEJO

Das 06:00 às 10:00

No comando: JORNAL DA ITATIAIA

Das 07:00 às 07:45

No comando: SHOW DA MANHÃ

Das 08:00 às 10:00

No comando: EXPERIÊNCIA DE DEUS

Das 10:00 às 11:00

No comando: TÚNEL DO TEMPO

Das 10:00 às 14:00

No comando: PASSANDO A LIMPO

Das 11:00 às 13:00

No comando: REPÓRTER EXPRESSO

Das 12:00 às 13:00

No comando: TOP MAIS

Das 13:00 às 16:00

No comando: TARDE NOSSA

Das 13:00 às 17:00

No comando: PROGRAMAS GOSPEL

Das 14:00 às 16:00

No comando: BAILÃO DA EXPRESSO

Das 16:00 às 19:00

No comando: AO POR DO SOL

Das 17:00 às 20:00

No comando: DEIXA ROLAR

Das 18:30 às 00:00

No comando: SABADÃO SERTANEJO

Das 19:00 às 21:00

No comando: EXPRESSO NOTURNO

Das 20:00 às 21:00

No comando: NA PISTA

Das 21:00 às 00:00

No comando: VOZ DO BRASIL

Das 21:00 às 22:00

No comando: SOFT NIGHT

Das 22:00 às 00:00

Com influência do feriado, Brasil vê média móvel de mortes ir abaixo de 400 após 11 meses

O Brasil registrou nesta terça-feira (12) 176 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, com o total de óbitos chegando a 601.442 desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias ficou em 367 –a menor registrada em exatos 11 meses, desde 12 de novembro de 2020 (quando estava em 365). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -32% e aponta queda pelo terceiro dia seguido.

A forte queda apontada tem influência do feriado estendido de Nossa Senhora Aparecida. Devido às equipes reduzidas trabalhando nos municípios, os números de casos e mortes registrados no sistema nacional ficam abaixo do normal e apontam uma queda maior que a esperada. Para efeito de comparação, na terça-feira passada (sem feriado) foram 686 mortos em 24 horas. Por isso, os números dos próximos dias devem vir elevados devido ao represamento.

Sob essa mesma influência, a média móvel de casos ficou abaixo da marca de 13 mil, a menor registrada desde maio de 2020 (veja detalhes mais abaixo).

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h desta terça. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Evolução da média móvel de óbitos por Covid no Brasil nos últimos 14 dias. A variação percentual leva em conta a comparação entre os números das duas pontas do período — Foto: Editoria de Arte/G1

Evolução da média móvel de óbitos por Covid no Brasil nos últimos 14 dias. A variação percentual leva em conta a comparação entre os números das duas pontas do período — Foto: Editoria de Arte/G1

Deixe seu comentário:

CURTA NO FACE!

Equipe

Nossas Redes