Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Não há previsão para que 13º salário seja pago ao funcionalismo público, diz governo de Minas - Expresso FM 100,1


No comando: EXPRESSO DA MADRUGADA

Das 00:00 às 05:00

No comando: EXPRESSO RURAL

Das 05:00 às 07:00

No comando: SERTÃO EM FESTA

Das 05:00 às 10:00

No comando: DOMINGÃO SERTANEJO

Das 06:00 às 10:00

No comando: JORNAL DA ITATIAIA

Das 07:00 às 07:45

No comando: SHOW DA MANHÃ

Das 08:00 às 10:00

No comando: EXPERIÊNCIA DE DEUS

Das 10:00 às 11:00

No comando: TÚNEL DO TEMPO

Das 10:00 às 14:00

No comando: RITMOS DA EXPRESSO

Das 11:00 às 12:00

No comando: PASSANDO A LIMPO

Das 11:00 às 13:00

No comando: REPÓRTER EXPRESSO

Das 12:00 às 13:00

No comando: TOP MAIS

Das 13:00 às 16:00

No comando: PROGRAMAS GOSPEL

Das 14:00 às 16:00

No comando: TARDE NOSSA

Das 14:00 às 16:00

No comando: BAILÃO DA EXPRESSO

Das 16:00 às 19:00

No comando: AO POR DO SOL

Das 16:00 às 19:00

No comando: DEIXA ROLAR

Das 18:30 às 00:00

No comando: VOZ DO BRASIL

Das 19:00 às 20:00

No comando: MUSIC EXPRESS

Das 19:00 às 21:00

No comando: EXPRESSO NOTURNO

Das 20:00 às 22:00

No comando: NA PISTA

Das 21:00 às 00:00

No comando: SOFT NIGHT

Das 22:00 às 00:00

Não há previsão para que 13º salário seja pago ao funcionalismo público, diz governo de Minas

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), e o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Otto Levy, disse nesta terça-feira (12), na Cidade Administrativa, no bairro Serra Verde, na Região Norte de Belo Horizonte, que não há previsão para que o 13º salário do funcionalismo público seja pago.

Segundo o governo, depois da aprovação da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) de explorar o nióbio em Araxá, na Região do Alto Paranaíba, o governo de Minas vai levar a operação do nióbio para a Bolsa de Valores.

O governo precisa de três a quatro semanas de operação na Bolsa de Valores para conseguir arrecadar o dinheiro necessário para pagar o 13º e o salário em dia. A expectativa é do secretário Otto Levy.

Ainda de acordo com o Executivo, a expectativa é de que Minas Gerais receba até 49% do adiantamento dos royalties do nióbio durante 12 anos. Pelo mesmo tempo, o estado vai continuar recebendo os outros 51%.

Levy falou que a parcela do salário mensal foi paga nesta segunda-feira (11), conforme o planejado, e que uma verba foi repassada aos municípios.

Ele disse também que já foram pagos R$ 8 bilhões em dívidas, mas que a cifra chegava aos R$ 34,8 bilhões.

Deixe seu comentário:

CURTA NO FACE!

Equipe

Nossas Redes